DONATE

Manteca

ALBERTO PEDRO TORRIENTE (CUBA, 1993)
TRADUÇÃO DE CHRISTOPHER WINKS

Esta comédia foi apresentada pela primeira vez durante o ‘período especial’ após a queda da União Soviética quando Cuba passou por dramáticos racionamentos de comida e enfrentou um futuro incerto como um dos últimos países comunistas restantes no mundo. Três irmãos adultos — um intelectual gay, um comunista não arrependido, uma dona de casa provinciana— se encontram presos num quarto onde as saídas estão trancadas por pedaços de madeira, com um odor insuportável. Sua conversa passeia por assuntos que vão das iguanas cubanas, tanques alemães, carne russa, vacas indianas até o Polo Norte, no entanto, volta sempre para uma figura misteriosa cujo nome não é nunca revelado. Finalmente, confrontam a questão: ‘ Deveríamos fazê-lo?’

Get the Flash Player to see this player.