DONATE

Objetos Pessoais

DIANA RAZNOVICH (ARGENTINA, 1975)

TRADUÇÃO DE MARGARET CARSON

Casalia Belprop, também conhecida como a Diva, vasculha um monte de bagagem não requisitada num local desconhecido. Seus objetos pessoais não se encontram em nenhum lugar; ao invés disso, encontra triciclos, capas de chuva, o original roubado de A Mona Lisa, e ossos humanos. Logo, perde seu sentido de lugar, cor, de seu EU. Onde está a atendente? Ela chegou? Está ainda no trânsito? É noite ou dia? Antes ou depois? Este monólogo tragicômico foi escrito enquanto Raznovich estava no exílio devido a ditadura militar e continua ainda inédita na Argentina.

Get the Flash Player to see this player.