DONATE

Os ciúmes de um pedestre ou O terrível Capitão do Mato

Luís Carlos Martins Pena (Brasil, 1845)

Tradução de Sarah J. Townsend

Esta espirituosa paródia de uma adaptação francesa melodramática de Otelo de Shakespeare é um exemplo de comédia de costumes, um gênero popular que retratava os costumes locais e seus ‘tipos’. O enredo foi inspirado numa série de escândalos envolvendo a polícia e gira em torno de um oficial arrogante que se passa por um capitão do mato (aquele que capturava escravos) e que mantém sua mulher e filha a sete chaves. Encenada primeiramente numa época em que os patriotas brasileiros se esforçavam para saber quem determinaria a face da nova nação, Os ciúmes de um pedestre ou O terrivel capitão do mato revela o absurdo e a auto-ilusão envolvida na autoridade e no sentido do Eu de uma pessoa ao manter certas pessoas fora de seu alcance ao mesmo tempo trancafeando outras.

 

Get the Flash Player to see this player.