Performance da Música Indígena no Brasil:
Os instrumentos.

Apontamentos e Observações

Por:
Amauri Araújo Antunes

Com o sono eu sonho, durmo e sonho.
Os outros vão cantando,
Eu sonho para tornar felizes os outros
Que cantarão meu sonho.
Outros cantam no sonho,
Eu durmo e sonho o que os outros cantarão.

Poema Xavante.

(Clique na imagem para prosseguir)

Clique para entrar

Figura 1: Ritual do Kuarup no alto Xingu .

A lenda conta que os primeiros homens foram criados a partir de troncos de madeira. Durante o Kuarup os índios do grupo Jê relembram seus mortos representados em toras de madeira decoradas.