DONATE

A soberania da estética e dos corpos indígenas

Coordenadores: Heather Igloliorte, Julie Nagam, Dylan A.T. Miner e Dot Tuer

Neste grupo de trabalho, os participantes coletivamente explorarão as inter-relações entre o crescente mundo da arte indígena global, as noções de contemporaneidade e as questões envolvendo o corpo colonial e o capitalismo em relação às intervenções criativas, à autodeterminação e à soberania.

Biographies

Julie Nagam (Ph.D.) é professora adjunta da OCAD University, no programa de Cultura Visual Indígena. Já exibiu o seu trabalho em São Paulo e em Lyon, na França, em 2013. Sua instalação singing our bodies home fez parte do LAND/SLIDE, em Markham, Canadá, e do Ecocentrix, em Londres, Reino Unido, 2013.

Heather Igloliorte (Inuk, território Nunatsiavut) é curadora, historiadora de arte e professora adjunta de História da Arte Aborígine na Concordia University (Montreal, Canadá). Está atualmente pesquisando a arte da performance indígena norte-americana, com colegas no Canadá e nos EUA, através de dois projetos financiados de pesquisa.

Dylan Miner é professor adjunto da Michigan State University, onde coordena uma Iniciativa de Arte Contemporânea Indígena. Tem um Ph.D. da University of New Mexico e já publicou mais de cinquenta artigos, capítulos, ensaios e verbetes de enciclopédia. Desde 2010, já se apresentou em treze exposições individuais pelas Américas e na Europa.

Dot Tuer tem um Ph.D. da University of Toronto e leciona na OCAD University. Sua pesquisa enfoca a arte canadense e latino-americana e a mestiçagem como meio de trocas interculturais. Os seus atuais projetos literários e colaborativos abordam a memória social, a vivência, a ação política e a resistência anticolonial.

Participantes

Antonio Diderot Moreno Herrera
Dylan Robinson
Emilie Monnet
Isabelle St-Amand
Jason Lewis
Jessica Jacobson-Konefall
Joaquin Meza Coria
Karina Vargas
Maryse
Megan De Roover
Rodrigo Hernandez-Gomez
Shana MacDonald