DONATE

A mídia tática: passos rumo à interrupção, à comunidade, à autonomia

Coordenadoras: Marcela A. Fuentes, Sophie Toupin e T. Nikki Cesare Schotzko

Este grupo convida artistas, acadêmicos e ativistas cujos trabalhos investiguem táticas de intervenção através da performance e da mídia. No nosso entendimento, a mídia tática inclui o corpo, imagens, sons, novas mídias, tecnologia de ponta, objetos e textos. O grupo de trabalho discutirá a relação entre meios e fins, como a mídia dá forma ao que aspiramos, as táticas para se criar tecnologias de poder legíveis e perturbadoras, o papel da platéia como participante em performances abertas de mídias táticas e as possíveis táticas de engajamento, para gerar novas formas de associação e autonomia, que vão além das dinâmicas de antagonismo.

Biografias

Sophie Toupin é administradora de projetos da Media@McGill, um centro de pesquisa interdisciplinar, bolsas de estudo e sensibilização do público sobre a mídia e a tecnologia da McGill University (Canadá). Sua pesquisa atual enfoca a relação entre as práticas feministas, queer e trans dentro dos movimentos sociais, tanto online quanto offline.

Marcela Fuentes (Marsha Gall) é professora adjunta no Departamento de Estudos da Performance da Northwestern University. Sua pesquisa explora os usos da performance e da mídia digital como táticas ativistas e de arte social em contextos de políticas transnacionais.

T. Nikki Cesare Schotzko, professora adjunta da Utoronto, tem várias publicações sobre cultura popular e performance experimental, atua às vezes como dramaturga e é editora de Critical Acts, da TDR. Seu primeiro livro (Routledge, em breve) aborda a distorcida relação entre as tecnologias midiáticas do século XXI, a percepção e a cultura popular.

Participantes

Duskin Drum
Fabio Salvatti
Flaviana Benjamin
Maria Gabriela Lugones
Tom Astley