DONATE

Você está aqui:Coleções Especiais»HIDVL Perfis de artistas»New WORLD Theater»New WORLD Theater: Trabalhos»R.A.W. Porque Eu Sou uma Mulher (1996)
R.A.W. Porque Eu Sou uma Mulher (1996) Photo/Foto: Jon Crispin
  • Título: R.A.W. (‘Cause I’m a Woman)
  • Holdings: photo gallery, video (HIDVL)
  • Idioma: English
  • Data da performance: 1996
  • Type/Format: play
  • Cast/Performers: Raunchy Asian Woman #1: Ji Sook Lee, Raunchy Asian Woman #2: Dianne Suh, Raunchy Asian Woman #3: Linda Louise Blewitt, Raunchy Asian Woman #4: Lisa Hori-Garcia
  • Credits: Director: Roberta Uno, Set Designer: Phillip Baldwin, Lighting Designer: Justin Townsend, Costume Design: Jenny Craig,

R.A.W. Porque Eu Sou uma Mulher (1996)

R.A.W. (‘Cause I’m a Woman’ / ‘Porque Eu Sou uma Mulher’), é uma peça de curta duração, escrita por Diana Son e dirigida por Roberta Uno. A sigla R.A.W. representa as iniciais de ‘Raunchy Asian Woman’ (‘Mulher Asiática Obscena’), já que a peça pretende explorar estereótipos acerca da mulher asiática, como o da gueixa, o da virgem exótica, ou o da suicida Miss Saigon. Um elenco composto exclusivamente por mulheres asiático-americanas faz uma performance de dança, música e palavra falada. As suas vozes abordam a política envolvendo relacionamentos interraciais, especificamente entre mulheres asiático-americanas e homens brancos; coisas cotidianas e aparentemente mínimas como o cabelo asiático em relação ao cabelo da mulher branca; a experiência de ser uma mulher asiática lésbica; namorar um homem coreano, do ponto de vista de uma mulher coreana; etc. Todas as personagens vêm ao palco e compartilham as suas experiências de ser uma mulher asiática de múltiplas formas, modos e identidades.


Image Gallery

Video

Permanent URL: http://hdl.handle.net/2333.1/1jwsts8t